terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

JORNAL da BD I - As histórias




 Foi com esta colecção, co-editada pela Liber / Sojornal que iniciei a minha actual colecção de Banda Desenhada - na capa, dos fascículos,  está mencionada como Liber / Expresso, mas, com o fascículo nº41, a edição passa a ser só da Sojornal S.A.R.L., desaparecendo o nome da Liber.
 É uma colecção de 264 fascículos (15-04-1982 até 01-09-1987) com Banda Desenhada , a cores e essencialmente europeia (franco-belga), dividida em 33 volumes (séries) com as capas fornecidas pelo editor. Os fascículos têm o tamanho quase aproximado de um álbum e um papel de fraca qualidade (tipo jornal) que permitiu um preço baixo (PVP), mas que altera as cores e que amarela com o passar do tempo – necessita maiores cuidados de conservação em que a humidade é o seu maior inimigo.
 Começou como uma publicação quinzenal que  a partir do fascículo nº 17, passou a semanal com saída para as bancas, às quintas-feiras. Inicialmente. tinham uma tiragem de 50.000 exemplares que foi reduzida, a partir do nº41 para 30.000, depois diminui para os 23.000 (nº105) e com o nº209 até ao fim da colecção, descai para os 15.000 exemplares.


 São fascículos constituídos por 32 páginas (30$00) e cada série tem oito fascículos com oito histórias seriadas - a partir da 3ª série, cada série passa a incluir  duas histórias completas nos números “Jornal da BD Especial” com 80 páginas (100$00).
 Com o fascículo nº31, surge um Suplemento BD com uma secção reservada para o correio dos leitores e a restante para artigos sobre BD. A coordenação é de Geraldes Lino e a correspondência era dirigida ao Clube Português de Banda Desenhada.



Índice das histórias com a indicação do número do volume (série) e do fascículo:

2010,  O ANO DO CONTACTO de J.M.DeMatteis / Joe Barney / Larry Hama 145/19.
ACHILLE TALON de Greg:  Com que deitar fumo – Das cartas, discurso e método  01/07;  Riscos de factura 01/08;  Prego do desporto – Ah! Balde de humor  02/09; Sem pestanejar – Prego do desporto  02/10;  Para decor-ticar... – Actos imprudentes  02/11; E tanto pior para as consequências! – O papá passou por lá...  02/12; O boneco do dia das partidas – Capacete em caso de quebra  02/13;  A crítica falou da banda... – Esquerda, direita  02/14;  No fundo... – Entendamo-nos  02/15;  O pinheiro de Natal – Em suma  02/16;  Predestina-rigado – O apaixonado do lúpulo  03/17;  Soprar não é brincar  03/18;  Na estação dos Ícaros com laranja – Pior do que isto?!  03/19;  Pfff – Cosmo piolhice  03/20;  A sede a seu dono –  O ditos cavaleiro dos Céus...  03/21;  A realidade louca da demonstração “in loco” – Passam as horas, fica o nosso tempo  03/22;  Chupanço de caridade – Indecoroso mas amável  03/24;  Calar o grito do progresso !  04/25;  Quem não aposta não a ...bicha. – Honra e Glória dos nossos tempos  04/26;  A varinha hidroscópia  04/27;  Salon de fotogr...achille – Estava escrito  04/28.
ALEF-THAU de Jodorowsky/Arno:  A criança Tronc  12/89;  O príncipe manco  20/153; O príncipe maneta  20/156.
AL RUSSEL & BROCK de  Duchâteau/Denayer:  Alta tensão  27/209;  Sabotagem no Fort Tempest  28/217;  Operação Mamute  29/226.
ARCHIE CASH de Malik / J.M.Brouyére:  Alvos para Long-thi  10/75.
ASTÉRIX de Goscinny / Uderzo:  Entre os Belgas 01/01; O gaulês 02/09;  A foice de ouro  03/17;  Astérix e os Godos  04/25;  A zaragata  05/33;  A volta à Gália  06/41;  A grande travessia  07/49;  Astérix entre os Helvécios  08/57;  Um presente de César  09/65;  Astérix e os Bretões  25/193;  Legionário  26/201;  O escudo de Averne  28/217;  Astérix na Córsega  31/241.
ATTILA de Derib/Rosy :  Atilla no castelo  14/107.
AVENTURAS do MAR de V.Róssi / F.Caprioli : Lâminas cruzadas 32/249; Os corsários do Rio Grande do Sul   32/250; Um punhado de pérolas   32/252; Uma descida ao Maelstrom 32/253; Os Violadores do bloqueio 32/254.
BARBA RUIVA de Charliet / Hubinon:  O filho do Barba Ruiva  03/17;  Desafio ao Rei  06/41.
BLUEBERRY de Charlier / Giraud:  O homem da estrela de prata  03/17;  A mina do alemão perdido  04/25;  O espectro das balas de ouro  05/33;  Fort Navajo  11/81;  Tempestade no Oeste  12/89;  Nariz partido  14/105;  A longa marcha  15/113;  A tribo fantasma  17/129;  A última cartada  21/161;  A pista dos Siuox  32/249.
BOBO de Deliège:  O saco  23/177;  O violoncelo  23/181;  O botão  23/182;  Magalas  23/183;  A febre do ouro – A bomba a gasolina do prof. Von Himmelkr – O bolo de Natal – O capelão – O singular passatempo do senhor Alberto – A inundação – O bolo de aniversário  24/187.



BOULE e BILL de Roba:  Viram, por aí, o Bill? – Boa jogada  13/104;  Na senda do crime...  16/121;  E eles partiram na bela caravela  16/124;  O boneco de neve – Abriu a caça!  16/125;  Aqui há rato – O caçador caçado ! – Um lindo presente...  16/126;  À escuta  16/127;  É a vez dos peões  16/128;  (s/título) 24/185+187+188+189+190+191+192;
 (s/título) 25/193+194+195+196+197+198+199+200; (s/título) 26/201+202+203+204+206+207; (s/título) 27/209+210+211+212+213+214+215+216; (s/título) 28/217+218+219+220+221+222+224;(s/título) 29/225+226+230+231+232;
(s/título) 30/233+234+235+236+237+238+239+240;(s/título) 31/242+243+244+245+246+247+248;
(s/título) 32/249+250+251+252+253+254+256;(s/título) 33/257+258+259+261+262+264.
CASO TUFOS, O de Max Dereta: 139/18.
CÉSAR e ERNESTINE de M.Tillieux :  Árvore de Natal  19/145;  Um chapéu de esticão  19/146;  Multa sonora  19/147;  Aqui há rato!  19/148;  Pare, olhe escute...  19/149;  Cão e gato  19/150;  Última tiragem!  19/151;  “Hortugraphia” cortês...  19/153;  Obstáculo imprevisto  20/153;  Cortesia ao volante  20/154;  Injustiça escolar  20/155;  Que espirituoso! – Valentia!  20/156;  O mais teimoso  20/157;  A arte de vender  20/158;  O manso  20/159;  A felicidade dos outros  20/160;  É feio mentir!  21/161;  Escanhoado completo!  21/162;  Que susto!  21/163;  A sigla  21/164;  Desastrado  21/165;  Miopia?!  21/166;  Respeitar a autoridade  21/167;  A meta!  21/168;  O canário  22/174.
CHARLES CHAPLIN de José Ruy: A vida maravilhosa de,  14/105.
CLARKE & KUBRIK de Alfonso Font :  Poeira espacial – Chapoozy IV – Oh, Deuses! – Projecto UFE – Ai, minha mãe ! – O Ulapo trideseico  27/211;  Os Burlões – Uma história triste – A corda no pescoço – Hoje em dia tudo se sabe... – “Tão simples como isso...”  28/223;  A reserva dos loucos  29/231;  O senhor do Mundo  30/239.
COLUMBANO de José Ruy 24/185.
CORCEL NEGRO de Walter Farley / Michel Faure:  As aventuras do Corcel Negro  09/65; 
O deserto da morte  10/73.
CORI, o grumete de Bob De Moor: Os espiões da Rainha  04/25;  O Dragão dos Mares  05/33.
ELOISE de MONTGRI de Herman:  As torres de Bois Maury  33/259.
ENKI BILAL de E.Bilal: Última negociação – Drama colonial  07/53;  O planeta donde não se volta – Em nome do ferro, do fio...  07/54;  O plicht – O desligado  07/55;  Drama colonial (bis) – A morte de Orlaon  07/56.
ESTRUMPFES de Peyo/Delport:  A Estrumpfina  10/73;  Os Estrumpfes negros  11/81;  A fome dos Estrumpfes  11/85;  O ladrão de Estrumpfes  12/89;  O estrumpfonauta  22/169;  O estrumpfíssimo  24/191;  (s/título)  25/198+199+200;  Estrumpfe contra Estrumpfe  25/199;  Evita a poluição  26/201;  O que é preciso é Estrumpfortivismo  26/202;  Só não vale arrancar olhos  25/203;  Não é com vinagre que se apanham moscas  25/204;  Em tempo de guerra não se limpam armas  26/206;  De longe se faz perto  26/207;  O estrumpfe mágico  26/207.
EXCALIBUR de J.Magalhães / A.Trigo:  A espada encantada  33/257.
FANTÔMETTE de Georges Chaulet / François Craenhals : Liberta-se  20/155.
FERMÃO MENDES PINTO de José Ruy:  ...e a sua Peregrinação  21/163.
FRANK CAPPA no Brasil de Manfred Sommer: Jangada  30/233;  A caça  30/236;  Carnaval  30/240.
FREDERICO JOUBERT de H.Filippini/C.Rossi:  Um táxi no inferno  21/161; 
Rapto em 24 imagens/segundo  22/169.
GEORGE CROFT de Riviere / Floc’h:  O encontro em Sevenoaks  07/49.
GEORGE ORWELL Jean Giroud / Marc Bati:  O triunfo dos porcos  26/204.
GESTA HERÓICA de Vitor Péon:  A grande aventura dos Templários 19/145; A Zorra 20/153.
GIL JOURDAN de M.Tillieux:  A luva de 3 dedos  12/91.
GIL VICENTE de José Ruy:  Auto da Barca do Inferno  21/165;  Auto da Barca do Purgatório  22/173;  Auto da Barca da Glória  23/177.
"GRIZZLY", A saga do Auclair 24/185.
GRUTA dos TRÊS IRMÃOS, A de Eugénio Silva 33/264.
GUARDA 212,O de Kox/Cauvin:  O frango drogado  17/129;  Meu belo pinheirinho...   17/130;   O amigo fiel  17/131;  Que siam os bombeiros...  17/132;  Insónias musicais  17/133;  É de perder o latim...  17/134;  Pim pom pim pom...  17/135;  A noite dos travestis...  17/136;  A noite de S.Silvestre  18/139;  Um cão polícia...  18/141;  Saber perder...  18/143. 
HARDING, O DOSSIER de Riviére / Floc'h 22/169.

HARRY CHASE de C. Moliterni/W.Fahrer: Piracicaba, mon amour  05/35.
HEAVY METAL: Bela mas perigosa  Angus McKie 08/57; K.O. Poker Voss 09/70.
HISTÓRIA de PORTUGAL de Carmo Reis / José Garcês: A grande aventura  31/241; Lisboa de Quinhentos 31/248.
HULTRASSON, o Viking de Remacle/Denis:  Prega-me um susto, Viking  16/123.
INDIANOA de Harriet / Fructuoso  19/145.
IZNOGOUD de Goscinny / Tabary:  As conspirações do Grão-Vizir  01/01;  A cama escamoteadora  04/29;  O espelho das maravilhas  05/33;  Os minaretes mágicos  05/36;  Férias de Verão ou montes de atentados  08/57;  Desportos no Califado  08/58;  O cruzeiro do Califa  08/59;  A garrafa de gazbutano  08/60.
JEREMIAH de Herman :  A noite das aves de rapina  13/97;  Areia até aos dentes  15/113;  Os herdeiros selvagens  17/129;  Os olhos de fogo  25/193.
JERRY SPRING de Jijé / Philip:  A rapariga de Canyon  09/67.
JESS LONG de  Raes / Tilleux / Piroton :  A intimidação  - K.O. para a eternidade  18/143.
JOÃO e MIRKA de Harriet/Redondo:  A expedição perdida  25/193.
JOGOS OLÍMPICOS, História dos ?: 13/97.
JOHN DIFOOL de Moebius / Jodorowsky:  O Incal Negro  10/73;  O Incal Luminoso  10/78; 
O que está em baixo  11/81;  O que está no alto  24/185.
JONATHAN CARTLAND de Laurence Harle / M.Blanc-Dumont:  Jonathan Cartland  06/41.
JULIE WOOD de J.Graton:  Defende-te Julie  08/57.
JÚLIO VERNE de F.Caprioli :  A ilha misteriosa  22/169 + 23/177;  Miguel Strogoff  25/193;  Os filhos do capitão Grant  26/201.
JÚLIO VERNE de Roudolph/Polese Viagem ao centro da Terra  33/263.
JUSTIN HIRIART de Harriet / Fructuoso: Espuma de sangue  20/157;  A viagem maldita  23/177;  O segredo  29/225.
KELLY GREEN de Starr / Drake:  O contacto  02/09.
KUMALO de J.Magalhães / A.Trigo :  32/251.
KROSTONS, Os  Deliége:  Passeata de um Kroston  23/183.
LÉONARD de Turk / De Groot:  Brigada de armas  06/45; Tele partida  06/46;  Quem ao alto sobe... – O terror dos mares  06/7; Gentis desorganizadores – Desperta a dor  06/48;  Espacial , especial...  07/49; On the rocks  07/50;  Trabalhos dobrados  07/51;  Como não ficar desasado  07/52;  Sem aprender as prendas  07/53;  Casino Royal  07/54;  A infância do biberão – Faça-se azul  07/55; Em bons lençois – Aein?... Fracção?...  07/56;  Conto de encantar  27/209;  Se eles falassem...  7/210;  Encerrado para almoço  27/211;  Gira o disco  27/212;  Catástrofe multiplicada  27/213;  Ás do pedal  27/214;  Sonambulismo genial  27/215;  Invenção arquivada  27/216;  Aramar  28/217;  O mau gosto, é amarelo?  28/218;  Carregar no botão  28/219;  Interlúdio  28/220;  E.E.M.D.  28/221;  Divisão do trabalho  28/222;  Vil defeito  28/223;  Traduza quem souber  28/224.
LESTER COCKNEY de Franz:  Os loucos de Cabul  27/209+ 28/217;  Uma húngara no Penjabe  29/225.
LOUIS FERCHOT de Groug / Dethorey:  Luís Má-Sorte  23/177.
LUCKY LUKE de Goscinny / Morris / X.Fauche / J.Léturgie / Van Banda / Vidal / C.Guyloius:  O fio que canta  01/01; Sarah Bernhardt  02/09;  Dalton City  03/17;  O imperador Smith  04/25;  Os rivais de Paintful Gulch  06/41;  A evasão dos Dalton  07/49;  “Pílula”  07/55;  O “desesperado” do dente de leite  08/57;  A hospitalidade do Oeste  08/59;  Maverick  08/60;  O rival de Wyatt Earp  08/61;  O vendedor ambulante  08/62;  Passagem perigosa  08/63;  Sonata em Colt maior  08/64;  Daisy Town  09/65;  A caravana  10/73;  A escolta  11/81;  A cidade fantasma  12/89;  Jesse James  17/129;  As colinas negras  18/137;  O 20º de Cavalaria  20/153;  O Daily Star  22/169;  Fingers  24/185;  Billy the Kid  27/209;  Arame farpado na pradaria  28/217;  A noiva de Lucky Luke  30/233;  Os primos Dalton  32/249;  O rancho encantado  33/257;  A vidente  33/258;  A estátua  33/259;  O açude  33/261.
LUSÍADAS, Luís Vaz de Camões de José Ruy:  1º Canto  05/33;  2º Canto  05/36;  3º Canto  05/38;  4º Canto  08/61;  5º Canto  08/63;  12/95;  6º Canto  13/97;  7º Canto  13/98;  8º Canto  13/99;  9º Canto  15/115;  10º Canto  15/119.
MAC COY de J.P.Gourmelen / A.H.Palacios: Um homem chamado Mac Coy  04/27;  O triunfo de Mac Coy  08/59.
MARK TWAIN de Roudolph / Micheluzzi :  O príncipe e o pobre  31/241.
MAX FRIDMAN de Vittorio Giardino :  Rapsódia húngara  31/243.
METAL HURLANT * : Um povoado perdido, à espreita J.P.Dionnet / Gal 09/69:  K.O.  - Poker Voss 09/70;  As noites de Única Martinez / daniel Ceppi - Os novos motoristas Frank Margerin  09/71;  O génio das praias  09/72;  O homem de areia  Ph.Paringaux / Loustal 10/73;  Abusus non tollit usum  Vepy/Ceppi  10/74  10/80;  Mãos de fada  Eberoni / Rodolphe 10/75;  Skoville 2000  Dodo / Ben Radis 10/76;  Quinta coluna em Montartre Fromenthal / Floch – Oscar Brwn não é um espião Chantal Montellier  10/77;  A manifestação Frank Margerin 10/79;  Livre iniciativa  Gauckler / Imbert 12/90;  Superflite Phil Manoeuvre / Alan Voss 12/93;  Em plena guerra fria Jean Luc Fromenthal / Jean Luis Floch – O truque  Frank Margerin 12/95;  Creole comics Beja Manoevre 13/98;  O homem que se parecia com toda a gente Floch / Fromental   13/100;  O carril Claude Renard / François Schuiten   13/101;  Kebra, o marginal do espaço Tramber / Jano  14/105; Golpe de estado Gauckler / Imbert 14/105; “Johnny Banzai”: as histórias do velho Ed Luc Cornillon 14/106;  A noite é redonda Jano – Os cantos de Maldoror Palacios  14/108;  Babacool Blues Voss – Jeronaton, O ovo do Mundo ?  14/110;  Captain Sade Berni Wrightson  14/111;  A sombra de Jaipur Martinez / Ceppi 14/107;  Queda livre P.Gauckler / Ch.Imbert 15/113;  Koursk  Alan Paucard / Denis Sire 15/114;  Os Funk Brothers Dodo / Ben-Radis 15/115;  Rheisa Behlls Morisi / Zanfrognini 15/116;  Ninho de espiões em Alpha Place Serge Clerc 15/118;  Terror no fundo do mar Cornillon / Terpant 15/120;  Convite à noite de poker Dodo / Ben-Radis 16/121;  Na piscina  F.Margerin 16/122;  Omnibusa para Veja Bilal / Dionnet 16/123;  Grigor Ivanov Floch / Fromenthal 16/124;  Na piscina  F.Margerin 16/125;  Enganado mas contente Jano 16/126;  Assalto brutal à caixa postal  Jano 16/127;  Um assunto de vida ou de morte Serge Clerc 16/128; A evasão de Ivan Casablanca Renard 17/131;  Aquela máquina F.Margerin  17/136;  Arzach ** Moebius 18/137;  A lenda do Rock’N’Roll Gorin / Serge Clerc - Harzak ** 18/138;  Arzak **  18/139;  Harzakc **  18/140;  Lucky, o rei dos malandros F.Margerin 18/142;  Vida de Manuel Cossy – Balada Moebius 18/143;  Uma partida de matraquilhos F.Margerin 18/144;  Um génio da bricolage Dodo / Bem-Radis 19/145;  Phil Perfect, Erro (quase) fatal Serge Clerc 19/151;  Operação STOP Frank Margerin 20/153;  Phil Perfect, Pânico Punk H.Colling / Clerc 20/154;  Lady Pickpocket Yves Chaland 20/155;  O cemitério dos elefantes Yves Chaland – À procura de apartamento  F.Margerin 21/161;  Phil Perfect, Karman Blues Serge Clerc  21/164;  O primo Gus F.Margerin  21/167;  Phil Perfect, os homens de negro Serge Clerc 22/169;  Terror na cidade Dodo / Ben-Radis 22/171;  Mektub Fromental / Renard 22/172;  No  veterinário F.Margerin 22/173;   Feliz Ano Novo F.Margerin / Lucky 22/176;  Vila Tenebre Rodolphe / Ferrandez 23/177; Lucky e as garotas F.Margerin 23/182;  Moça da praia Berther / Fromental – De vento em popa F.Margerin 23/183;  O regresso às aulas F.Margerin 23/184.
* Nome da revista com histórias de ficção-científica francesa ( nos Estados Unidos, foi publicada com o título HEAVY METAL ).
** Mesma série com pequenas alterações do título (Arzach Moebius).
MICHEL VAILLANT de Jean Graton:  A revolta dos Reis 01/01;  300 à hora em Paris  18/137; 
O homem de Lisboa  19/145;  Encontro em Macau  20/157;  Rali sobre um vulcão  32/249;  Racing Show  33/257.
MIL e UMA NOITE, As de Gino Gavioli/António Guerci:  A lâmpada de Aladino 29/225;  O marreco, a truta e a cenoura  29/227;  Abu-Kir e Abu-Sir  29/229;  O vale da astúcia  29/231;  Sinbad, o marinheiro  30/233;  Ali-Babá e os quarenta ladrões  30/236;  Bulbulezar e os filhos do Rei  30/239;  A arma secreta da Fada Peri Banu  31/241.
MORTADELA e SALAMÃO de F.Ibañez:  Os bombeiros  22/171. 
NANOUCHE de Janeiro / Renoy:  Festival para uma japonesa  19/145;  Corrida numa noite branca  24/185.
NATACHA de F.Walthéry / Gos :  Hospedeira do ar  09/71;   Natacha e o Marajá  11/87.
NÁUFRAGOS DO TEMPO, Os Paul Gillon:  Terra  19/145.
OESTE DAS LAGUNAS, de James - 17/131.
PASSAGEIROS DO VENTO, OS de François Bourgeon:  A rapariga no tombadilho  09/65;  O pontão  13/97;  A feitoria de Judá  14/105;  A hora da serpente  16/121.
PAUL FORAN de Gil? / Montero? :  O mistério do lago  13/103.
PITANGA de A.Fagundes: La chavalita  26/201.
PORTO BOMVENTO, Aventuras de José Ruy: Homens sem alma  33/259.
POVO da NOITE, O de Ric 32/256.
PREÇO da VERDADE, O Fructuoso: O preço da verdade 32/255.
QUATRE DOIGTS de Milo Manara:  O homem de papel  02/09.
RAMIRO de J.Stoquart / W.Vance:  O bastardo  07/55.
SAMMY:  Bons velhos – Robots para os gorilas  11/83.
SCARLETT DREAM de R.Gigi / C.Molitreni /Alluard:  Sombra sobre Veneza  03/17;  A dois passos do Inferno  08/63.
Sir MALCOLM, Á procura de, Riviére/Floc’h 33/257.    
SOVIETES, Ás mãos dos Charpier / José Abel:  O diário de William Heavens  18/137;  Os evadidos  de Czarna  18/139;  A missão do Comando Petrov  18/141;  Os caminhos de Moscovo  18/143.
SPIROU de Franquim:  Os chapéus negros  11/86;  Mistério na fronteira  11/88;  Como uma mosca no tecto  12/94;  Spirou e os homens rã  12/96;  Os elefantes sagrados  19/151.
SPIROU e FANTÁSIO de Franquim / Roba / Greg / Fournier:  O gorila  14/111;  Férias sem história  15/113;  O mensageiro da morte 21/161;  Revolta no Chantung  22/175;  O Talismã Africano  23/179;  A sombra do Z  24/185;  O feiticeiro de Talmourol  25/195;  Um Natal clandestino  25/199;   O castelo do sábio louco  26/201.
TAAR de C.Moliterni / J.Brocal Remohi:  O ser do nada  01/01;  O rebelde  05/39;  Os gigantes das águas glaucas  06/47;  O farol da vida  07/51.
TANGUY e LAVERDURE de Charlier / Uderzo / Serres :  Esquadrilha das Cegonhas  12/89;  Operação Trovão  19/147;  Plano de voo para o inferno  21/161;  Escola de pilotos  26/203;  Pela honra dos distintivos  27/215.
TIF e TONDU de Tillieux/Will:  O rochedo maldito  13/99;  Contra o Cobra  15/119;  A matéria verde  16/127.
TIMOUR de Sirius:  Missão a Bizânio  21/167.
TONIUS, o Lusitano de André/Tito:  A truta de ouro  15/115;  Uma aventura nas Astúrias  20/159.
TORRES DE BOIS-MAUTY de Herman: Babette.  28/217
TRÊS PATAS de Aucrair 24/190
TÚNICAS AZUIS, Os de Willy Lambil/Raoul Cauvin: Os cavaleiros do céu  17/135;  Os azuis na lama  28/219; 
O frade  29/227;  Os fora da lei  30/235.
UM CRUZEIRO CITROÊN, ...sobre a estrela... de Moebius - 16/121
VAGABUNDO DOS LIMBOS, O de Godard / Ribera:  A guerra dos Bonkes 03/19;  O alquimista supremo  04/31;  Os demónios do tempo imóvel  06/43;  Que realidade, Papá ?  09/65.
VALÉRIAN de J.C.Mezieres / P.Christin :  A cidade das movediças 01/01; O império dos Mil Planetas  02/09;  Os heróis do equinócio  04/25;  Benvindo a Alflolol  05/33;  O embaixador das sombras  06/41;  Nas terras programadas  07/49;  Os pássaros do Senhor  11/84;  Metro Châtelet, direcção Cassiopeia  15/113;  Estação Brooklin, terminal Cosmos  16/121;  Os fantasmas de Inverlock  30/233;  As iras de Hypsis  31/241.
WAKANTANKA de Jorge Magalhães / Augusto Trigo:  O bisonte negro  16/121;  O povo serpente  27/209.
YALEK de Duchâteau / Denayer :  O Império do medo  27/209;  Y de Yalek  29/225;  A aranha de ferro  30/233;  O prisioneiro de Yacomac  32/249.
YAKARI de Derib / Job:  No país dos lobos  16/121;  O estrangeiro  16/129.
YOKO TSUNO de Roger Leloup : O trio do mistério 10/79; Mensagem para a eternidade  12/95.
ZORRO de Nadaud / Marcello:  O vento da revolta  25/197;  A corda no pescoço  25/198;  Jogo duplo  25/199;  Cabeça a prémio  25/200;  O espantalho  26/205;  O atentado  26/207;  A reserva  29/225;  O sargento vê a dobrar  29/228;  O baile do Capitão  30/234;  O rapto  30/236;  A raposa e o fantoche  30/238.


     


    
   




    



sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Banda Desenhada da "escola franco-belga" III

Em Portugal, as colecções mais recentes da BD franco-belga não são grandes apostas das editoras que preferem, de maneira geral, ir pelo seguro e editar (repetir) os álbuns mais conhecidos do público. Verdade seja dita que o nosso mercado é pequeno para tantos títulos disponíveis, recentes ou não, da BD franco-belga, mas, mais grave é que as editoras são incertas nas novas séries, criando um círculo vicioso – a editora não dá uma garantia de que continuará com a nova série; o leitor, desconfiado porque já foi “enganado”uma ou mais vezes, não arrisca na compra do 1º número da nova série; para a editora, as vendas imediatas desta nova série ficam aquém dos planos da editora; talvez edita o 2º número da nova série, mais por obrigações contratuais; deixa de editar essa nova série (ou continuará, passado algum, muito, tempo…); leitor perde a confiança nas edições portuguesas e vai procurar outras alternativas que muitas vezes, o obrigará a aprender outra língua.


 É o caso desta série, uma das minhas favoritas, a Yoko Tsuno de Leloup, sobre uma heroína  de descendência japonesa em histótias que mistura investigação, mistério e ficção científica. Acompanhada pelos seus amigos Vicy e Pol, as suas histórias são para todas as idades (dos 7 aos 77...) aonde impera os valores da amizade e o humanitarismo. Como, infelizmente, em português só cinco histórias foram editadas, as mesmas que em Espanha* (... parece muita coincidência - problemas de direitos de autor para fora de França (?)), não tive outra opção de satisfazer o meu grande interesse (ou fanatismo dum fã…) por estas aventuras, senão em comprar a colecção em francês… para quando tiver oportunidade de aprender a língua francesa!... Assim como eu no espanhol, em Portugal, talvez não sejam poucos os autodidácticos** na língua francesa, graças à BD franco-belga...
* Espanha, tem mais  duas histórias publicadas -  "Aventuras electrónicas" (Aventures électroniques - 1974) e a "La Espiral del Tiempo" (La Spirale du Temps - 1983). http://www.cachislamar.com/yokotsuno/home.htm
** Comecei como autodidacta em espanhol, por interesse ao modelismo estático. Só recentemente, fiz um curso para conhecer a "fonética castelhana" e melhorar a leitura (Cumprimentos à  minha Profª. de Espanhol, Concepción Rios, da IEL).
Quadradinho com Yoko e sua amiga , extraterrestre, Khâny. Quando conheci esta série (já há alguns anos...), as  histórias em que entram estes naturais, "azuis", do planeta Vinéa, impressionaram-me pela sua "tecnologia credível" para a altura. Este quadradinho é da pág. 147, do Intregal nº1 (De la Terre à Vinéa), editado pela Dupuis (2006) e corresponde à terceira história desta edição - "Les 3 soleils de Vinéa" (1976). As duas primeiras histórias, desta série "extraterrestre" (e uma das favoritas da FC), tem os títulos "Le trio de l'étrange" (1972) e "La forge de Vulcain" (1973).

Uma tira de acção da história  "Le trio de l'étrange" - esta sequência é da edição portuguesa, página 16.


 


   Imagens das cinco histórias, da Yoko Tsuno, publicadas em Portugal. As três primeiras capas e por esta ordem,  correspondem à série de histórias, tipo "ficção-científica" que desenrola em volta dos vaneanos:
- a "O trio do mistério", editado em 1982 pela Assírio & Alvim ( 1º e único álbum editado da série...)
- os álbuns "A forja de Vulcano" "Os 3 sóis de Vinéa", foram publicados pela Difusão Verbo (edições de 1985 e 1986).
A colecção editada pela Difusão Verbo (que termina no volume nº3...), em vez de começar pelo que parecia mais lógico (O trio do mistério), tem no 1º volume, editado em 1985, a história "O Orgão do Diabo" (L'orgue du Diable (1973),  2º da edição original em francês)  aonde impera o mistério sobre um orgão que mata quem ouve o seu som... A opção, da Difusão Verbo, por este 1º volume talvez tenha sido uma estratégia editorial ( a Assírio & Alvim já tinha editado, a primeira história, há "apenas" três anos...) ou foi só uma "guerrinha" de direitos sobre a edição...
A última imagem - da história, misteriosa, de uma mensagem de socorro que é emitida,  depois de um acidente (há 40 anos...)  que  intriga Yoko, destacada para recuperar um avião -  tem o título "Mensagem para a Eternidade" (Message pour l'éternité - 1975). Esta 1ª página, dessa história, foi editada pela Sojornal na colecção de fascículos Jornal da BD. Está no 95º fascículo (1984) que é uma edição "Especial" com a história completa, sem interrupções.

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Banda Desenhada da "escola franco-belga" II

Para a BD de modo mais realista, mas ainda com vincado estilo franco-belga, as histórias aos quadradinhos com temas ou em ambientes históricos são as que vão ao encontro dos meus interesses , destacando entre muitas: Cori, o grumete de Bob De Moor com os seus belos e pormenorizados desenhos da Armada espanhola que tentou invadir Inglaterra em A Invencível Armada”; o Os Passageiros do Vento de François Burgeon com a crueza da história relacionada com a prisão e vida na Marinha Inglesa no séc. XIII.

  Quadradinho da série "Cori, o grumete" que retrata a destruição da Armada espanhola. Esta imagem, corresponde à edição, em fascículos, da colecção Jornal da BD. Esta história "A Invencível Armada" (1978/80), está dividida em dois capítulos:
- "Os espiões da Rainha", editado nos fasciculos nº25 até ao nº32, do 4º volume
- "O Dragão dos Mares", nos fascículos nº33 até ao nº40
Esta colecção, Jornal da BD, é constituída por um total de 33 volumes com histórias de BD, essencialmnete, da "escola" franco-belga. Editado pela Sojornal, entre Abril de 1982 até Setembro de 1987 , em tipo de papel que é caracterizado pelo nome da colecção e que requer alguns pequenos cuidados de conservação - jornal... 
 A segunda imagem com o título "O Pontão" pertence à série "Os Passageiros do Vento" - esta série foi editada em português, pela primeira vez, na colecção Jornal da BD em 1983 - "A rapariga no tombadilho" no 9º volume, o "O Pontão" no 13º volume, "A feitoria de Judá" no 14º volume e o "A hora da serpente" no 16º volume, todos em 1984.
Esta capa é da edição completa da série, editada em 2009/10 com a parceria  Público / ASA.
Quadradinho de Estela (Senda ou Sillage) da edição espanhola do álbum "10. El retorno de las llamas".
 Outra das minhas preferências, nas histórias aos quadradinhos, está relacionada com a minha predilecção pela ficção científica (FC) que já estava bem cimentada através das HQ a P/B das revistas da “Mundo de Aventuras” e da “Agência Portuguesa de Revistas”. A memória mais antiga que tenho de uma série de ficção científica, a cores, é a de Dani Futuro”, dos espanhóis Carlos Giménez e Victor Mora, publicado na revista “Tintin”.
 Entre muitos outros títulos relacionados com a FC, destaco estes que ainda são recentes e dos quais fui e sou, “obrigado” a adquirir as edições em espanhol: Golden City de Nicolas Malfin e Estela”  de Philippe Buchet.

 Como já é hábito, as editoras portuguesas  continuam a não ter em conta o leitor da BD, desrespeitando-o quando lançam uma nova série que nunca passará do 1º volume (total de seis) e a outra (Senda) está atrasada , comparando-a com a edição espanhola! Esta será de certeza mais uma série que ficará, em português, a meio da colecção… Porque os interessados, devido ao exagerado atraso, já a compraram em francês, espanhol e, agora, também já em inglês com a entrada desta heroína no mercado americano (em Portugal, o Inglês talvez já seja a segunda língua de leitores de BD, graças aos “Comics”).
Capa do álbum "El retorno de las llamas" ("Sillage 10. Retour de flammes") editado pela NormaEditorial (ESP) em 2009. Esta história teve o Prémio Juvenil (2008) em Angoulême, donde Navis recorda uma parte da sua infãncia.














Quatro histórias de quatro álbuns de quatro edições de quatro países:
- álbum de Sillage (França) com um título estranho "'J,JV,..L/-", editado em 2002(?) pela Delcourt
http://www.chrisnat.net/bd/poukram/tome5.htm
- álbum de Estela (Espanha), "Naturaleza Humana " (Nature Humaine), editado pela NormaEditorial em 2006 - de realçar que esta história, recebeu o prémio "Melhor álbum juvenil" em Angoulême 2006

 











- álbum de Wake ( Estados Unidos), "Fire and Ash" (A feu et à cendres), editado pela NBM em 2000(?)   http://comixland.blogspot.com/2007_10_07_archive.html
álbum de Senda (Portugal), "A marca dos demónios" (Le signe des démons), editado pelaVitaminaBD em 2003.
A edição portuguesa desta guerreira, parou / terminou (?) no 5º álbum - é de louvar estas cinco edições em português em que é possível apreciar, pormenorizadamente, cada quadradinho (álbum 240X320).  Infelizmente, essa qualidade, juntamente com a "luxuosa" capa cartonada, tem custos que para o nosso "pequeno" mercado pode ser um desincentivo para a sua compra e consequente mau (?) sucesso... A verdade é que desde 2006, mais nenhum título de Senda, é publicado (mais uma obra incompleta que é norma em Portugal...) devido ao insucesso (?) ou desinteresse (?) da editora . Em contrapartida (em edições inferiores à portuguesa - álbuns brochados 222X295...), a Espanha já tem editados 11 títulos desta colecção (Estela), quase a par com a edição francesa (13º álbum em Setembro de 2010) que me possibilita acompanhar as histórias.